Login    



2006, vol XV, nº1 e 2
1.º e 2.º semestres


A versão integral deste texto só está disponível on-line para os sócios da APM com as quotas actualizadas. Se é sócio faça o seu login.


Artigos

Desenvolvimento profissional do professor de Matemática em início de carreira no Brasil
Dario Fiorentini; Luciana Parente Rocha

Resumo. Este estudo pretende compreender como se desenvolve profissionalmente o professor de Matemática durante os três primeiros anos de docência, no Brasil. A pesquisa de campo foi realizada em duas etapas. A primeira, mais exploratória, consistiu no levantamento de informações, por meio de questionário, sobre como os recém-licenciados em Matemática da Unicamp enfrentaram a fase inicial da docência. Na segunda, foi desenvolvido um estudo de caso da única recém-licenciada da Unicamp que continuava leccionando em escola pública. A análise do caso foi desenvolvida a partir de três eixos: trajectória de formação pessoal e acadêmico-profissional; mobilização e (re)significação dos saberes docentes na prática escolar; desafios enfrentados na escola pública durante os primeiros anos de docência. Os resultados, de um lado, confirmam aqueles obtidos em outros países em relação ao “choque de realidade” e aos desafios e dilemas vividos nessa fase e, de outro, mostram o quanto é difícil ao professor de Matemática, mesmo com boa formação profissional, sobreviver com dignidade e trabalho produtivo na escola pública brasileira. Este estudo, entretanto, apresenta indícios de que a colaboração entre professores e formadores, nessa fase, representa um fator essencial ao desenvolvimento profissional.

Palavras-chave: Desenvolvimento profissional; Conhecimento profissional; Início de carreira; Choque de realidade.


Páginas : 145 a 168

<< Voltar ao Indíce





© Copyright 2007 Associação de Professores de Matemática / Todos os direitos reservados