Login    



2003, vol XII, nº1
Janeiro/Junho


A versão integral deste texto só está disponível on-line para os sócios da APM com as quotas actualizadas. Se é sócio faça o seu login.


Artigos

Paper-and-pencil assessment that provides footholds for further instruction needs to break with a number of taboos in assessing mathematical knowledge
Marja van den Heuvel-Panhuizen

Resumo. Neste artigo, a avaliação é encarada numa perspectiva educacional. Geralmente, as questões de resposta curta ou os problemas de escolha múltipla são considerados pouco adequados para orientar as tomadas de decisões sobre o ensino. Mudar para entrevistas individuais pode ser uma solução, mas não é a única. Neste artigo são discutidas algumas medidas para quebrar certos preconceitos, tornando instrumentos de papel e lápis mais informativos. São apresentados diversos exemplos da avaliação sobre números, no ensino primário.

Palavras-chave: Avaliação, números, 1º ciclo.


Páginas : 21-36

<< Voltar ao Indíce





© Copyright 2007 Associação de Professores de Matemática / Todos os direitos reservados