Login    



1994, vol 3, nº1
Janeiro/Junho


A versão integral deste texto só está disponível on-line para os sócios da APM com as quotas actualizadas. Se é sócio faça o seu login.


Artigos

O estudo de caso na investigação em Educação Matemática
João Pedro da Ponte

Resumo. Os estudos de caso têm conhecido uma assinalável popularidade na investigação em Educação Matemática em Portugal. Têm grandes potencialidades mas também os seus problemas. Este artigo discute como é que esta abordagem se distingue de outras formas de conduzir a investigação; qual é a natureza do conhecimento assim produzido, principalmente quando inserido numa perspectiva interpretativa; e quais os critérios de qualidade a usar para apreciar o seu valor. Um estudo de caso é caracterizado como incidindo numa entidade bem definida como um programa, uma instituição, um sistema educativo, uma pessoa, ou uma unidade social. Visa conhecer em profundidade o seu "como" e os seus "porquês", fazendo justiça à sua unidade e identidade próprias. Assume-se como uma investigação particularística, procurando descobrir o que nela há de mais essencial e característico. Um estudo de caso pode com vantagem apoiar-se numa orientação teórica bem definida. Além disso, pode seguir uma perspectiva interpretativista, que procura compreender como é o mundo do ponto de vista dos participantes ou uma perspectiva pragmática, procurando simplesmente proporcionar uma perspectiva global, completa e coerente do objecto de estudo. Entre os estudos de caso encontram-se naturalmente trabalhos com características muito desiguais. É importante discutir porque definir critérios de qualidade e como aplicá-los. Assim, o artigo conclui com o enunciado de diversos critérios e com algumas breves considerações sobre os trabalhos recentemente realizados no nosso país.

Páginas : 3-18

<< Voltar ao Indíce





© Copyright 2007 Associação de Professores de Matemática / Todos os direitos reservados