Login    



2017, vol XXVI, nº2
2º Semestre


A versão integral deste texto só está disponível on-line para os sócios da APM com as quotas actualizadas. Se é sócio faça o seu login.


Artigos

Theory-informed lesson study as practice based research: identifying what is critical for grade 2 and 3 pupils’ learning of negative numbers Estudo de aula informado pela teoria como investigação baseada na prática: identificando o que é crítico para a aprendizagem dos números negativos de alunos dos 2.º e 3.º anos
Anna Lovstrom; Ulla Runesson Kempe

Resumo. O objetivo do artigo é demonstrar como um estudo de aula informado pela teoria pode ser uma forma de investigação baseada na prática onde o conhecimento é gerado dentro do processo das ações dos professores. O estudo de aprendizagem compartilha caraterísticas com o estudo de aula, como o processo iterativo, a abordagem centrada no professor e a atenção à aprendizagem do aluno, mas é guiado por um quadro teórico.
A teoria dominante tem sido a teoria da variação. No estudo de aprendizagem, o foco é o objeto de aprendizagem e o que deve ser aprendido para que o objeto de aprendizagem seja apropriado. Um estudo de aprendizagem sobre aprendizagem e ensino de números negativos a jovens alunos (idade 8-9 anos) num contexto sueco é usado como exemplo.
A nossa proposta está em ressonância com a sugestão de Morris e Hiebert (2011) de que o estudo de aula é um sistema que pode gerar produtos de ensino que são compartilháveis e abertos para melhoria por outros atores. O ‘produto de ensino’ do estudo de aprendizagem é uma descrição teórica do objeto de aprendizagem, como é constituído e pode ser ensinado. No estudo de aprendizagem relatado, três professores trabalharam em colaboração para identificar os aspetos críticos para perceber a existência de números negativos. Os aspetos críticos emergiram e foram sucessivamente especificados no processo e como resultado de uma análise de dados minuciosa dos sobre a aprendizagem dos alunos e as aulas.
Palavras-chave: Estudo de aula; estudo de aprendizagem; teoria e prática; colaboração docente; números negativos; teoria da variação.


Páginas : 19-42

<< Voltar ao Indíce





© Copyright 2007 Associação de Professores de Matemática / Todos os direitos reservados