Login    



2015, vol XXIV, nº1
1º semestre


A versão integral deste texto só está disponível on-line para os sócios da APM com as quotas actualizadas. Se é sócio faça o seu login.


Artigos

Um panorama histórico do ensino da geometria no Brasil: de 1500 até aos dias atuais
Marlova Estela Caldatto; Regina Maria Pavanello

Resumo. Este artigo apresenta um estudo teórico sobre a trajetória histórica do ensino de geometria no Brasil, desde a chegada dos portugueses ao país, em 1500, até as primeiras décadas dos anos 2000. Tal objeto de estudo cristalizou-se a partir dos seguintes questionamentos: “Como se deu e vem se dando o ensino de geometria no Brasil? Que influências estiveram e estão presentes no ensino desse conhecimento no Brasil?”. A análise realizada mostrou que é praticamente impossível desvincular o ensino de matemática e de qualquer um de seus ramos, das atividades políticas e econômicas dos Estados, do Brasil e do restante do mundo; são as políticas públicas que delineiam, em geral, quais são os pressupostos que devem nortear o ensino de matemática e da geometria, mesmo que indiretamente; as alterações curriculares no Brasil, em geral, ocorrem ou efetivam-se através de ações governamentais; o êxito das alterações curriculares propostas depende diretamente da formação dos professores que ministram a disciplina; falta, em geral, aos professores a formação necessária para a implementação das alterações curriculares, principalmente as relacionadas à geometria, o acarreta, por sua vez, o baixo desempenho dos estudantes brasileiros em geometria nas diferentes avaliações a que são submetidos.

Abstract. This paper presents a theoretical study on the historical trajectory of geometry teaching in Brazil, since the arrival of the Portuguese in the country in 1500, until the first decades of the 2000s. Such an object of study established itself based on the following questions: “How was and has been provided the geometry teaching in Brazil? What influences suffered these teaching in the different moments of our country history and now?” The analysis showed that: it is virtually impossible to dissociate the teaching of math, and any of its branches, from the political and economic activities of the states, both Brazil and the rest of the world; the public policies are the ones that trace, generally, which are the premises that must guide the geometry and math teaching, even indirectly; the curricular changes in Brazil, in general, occur or became effective through governmental actions; the success of the curricular changes proposals depends directly on the education of the teachers that minister the discipline; in general, lacks to the teachers the necessary formation to accomplish the implementation of the curriculum changes, especially those related to geometry, what leads, in turn, to the low performance of Brazilian students in geometry the education of the math teacher regarding geometry in the different evaluations to which they are submitted.


Páginas : 103-128

<< Voltar ao Indíce





© Copyright 2007 Associação de Professores de Matemática / Todos os direitos reservados