Login    



2014, vol XXIII, nº2
2º semestre


A versão integral deste texto só está disponível on-line para os sócios da APM com as quotas actualizadas. Se é sócio faça o seu login.


Artigos

Statistical reasoning with the sampling distribution
Bridgette Jacob; Helen M. Doerr

Resumo. O raciocínio estatístico em torno da distribuição amostral é necessário para a inferência estatística formal. O nosso estudo, com alunos de uma disciplina introdutória de estatística com idades entre 16-18, sugere que o conhecimento das características de uma distribuição amostral e as experiências com a geração de distribuições amostrais não fornecem uma base suficiente para este raciocínio. Após instrução sobre a distribuição amostral e as suas características, os alunos neste estudo tiveram oportunidade de obter uma amostra antes de fazer uma inferência informal baseada numa distribuição amostral. A maioria dos alunos utilizou várias amostras e/ou considerou gerar uma segunda distribuição amostral para comparação. Estas noções estatísticas não são incorretas; pelo contrário, indicam que o seu raciocínio estatístico sobre a distribuição amostral ainda está em desenvolvimento. Os resultados são discutidos em relação ao raciocínio inferencial informal prévio dos alunos e o seu posterior raciocínio inferencial formal.

Abstract. Statistical reasoning surrounding the sampling distribution is necessary for formal statistical inference. Our study of introductory statistics students aged 16-18 suggests that knowledge of the characteristics of a sampling distribution and experiences with generating sampling distributions do not provide a sufficient basis for this reasoning. Following instruction on the sampling distribution and its characteristics, the students in this study were given the opportunity to draw a sample before making an informal inference based on a sampling distribution. The majority of the students took several samples and/or considered generating a second sampling distribution for comparison. These are not incorrect statistical notions; but instead indicate that their statistical reasoning with the sampling distribution was still developing. The results are discussed in relation to students’ prior informal inferential reasoning and their subsequent formal inferential reasoning.


Páginas : 123-146

<< Voltar ao Indíce





© Copyright 2007 Associação de Professores de Matemática / Todos os direitos reservados