Para beneficiar das opções personalizadas deste site tem de fazer login ou registar-se como sócio da APM.    

ApresentaçãoProfMatXXIII SIEMLocaisCursos InscriçõesDestaques 

Conferências Plenárias

O Seminário irá contar com três conferências plenárias. Como vem sendo hábito, o XXIII SIEM conta com a presença de um convidado estrangeiro, um convidado nacional e um jovem investigador nacional (recém doutorado em Educação Matemática).

GEOMETRICAL AND SPATIAL REASONING: CHALLENGES FOR RESEARCH IN MATHEMATICS EDUCATION
O DESENVOLVIMENTO DO SENTIDO DA MULTIPLICAÇÃO E DA DIVISÃO DE NÚMEROS RACIONAIS: A DIVISÃO COMO PRODUTO DE MEDIDAS
CONTRIBUTOS DA PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA O DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE PROFESSORES DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO



GEOMETRICAL AND SPATIAL REASONING: CHALLENGES FOR RESEARCH IN MATHEMATICS EDUCATION

Keith Jones, University of Southampton, Reino Unido 

6 de Outubro de 2012, 11h30 – 12h30

Abstract

In this paper I examine evidence from research to argue that geometry education at the school level needs to attend to two closely-entwined aspects of geometry: the spatial aspects and the aspects that relate to reasoning with geometrical theory. Both of these aspects can be taught, but the challenge for research in mathematics education is to find way in which both geometric and spatial reasoning can be taught in a way that each supports the other.

Keywords: geometry, spatial, reasoning, research, mathematics education




O DESENVOLVIMENTO DO SENTIDO DA MULTIPLICAÇÃO E DA DIVISÃO DE NÚMEROS RACIONAIS: A DIVISÃO COMO PRODUTO DE MEDIDAS

Hélia Gonçalves Pinto, Escola superior de Educação e Ciências Sociais, Instituto Politécnico de Leiria

6 de Outubro de 2012, 15h45 – 16h45

Resumo

Nesta conferência apresenta-se um excerto de uma análise transversal realizada no âmbito de uma investigação, que teve como objetivo estudar o desenvolvimento do sentido da multiplicação e da divisão de números racionais(1) em alunos do 6.º ano de escolaridade. Na investigação adotou-se o paradigma interpretativo, qualitativo e o estudo de casos múltiplos como design. Estudaram-se as trajetórias de aprendizagem de três alunos, recorrendo-se a entrevistas, observação e análise documental. O estudo decorreu da realização de uma unidade de ensino, a uma turma do 6.º ano de escolaridade, que integrava os alunos estudados. Estes foram selecionados com base nos desempenhos que apresentaram em pré-testes, que tiveram como objetivo avaliar o seu desenvolvimento ao nível das estruturas multiplicativas e consequente sentido das operações: multiplicação e divisão. Por conseguinte, foi selecionado, um aluno com bom desempenho, outro com desempenho médio e um terceiro com fraco desempenho. Os resultados permitem caraterizar o trajeto de aprendizagem realizado pelos alunos e sugerem que todos desenvolveram sentido da multiplicação e divisão de números racionais e por consequência, a eficácia da unidade de ensino, que contextualizou o estudo, no referido desenvolvimento. Dado o foco desta conferência, após a apresentação das fases principais do estudo para enquadramento dos referidos casos, far-se-á uma análise transversal das estratégias adotados pelos alunos e dificuldades sentidas na resolução de tarefas de divisão de números racionais, em contexto de produto de medidas. Assim, tendo por base o trabalho feito na unidade de ensino, são dados exemplos de produções dos alunos que ilustram a importância da resolução de tarefas significativas, que envolvem a divisão como produto de medidas, no desenvolvimento do sentido desta operação.

Palavras-chave: Números racionais, Educação Matemática Realista, Estruturas multiplicativas, Sentido de operação.



(1) Ao longo deste artigo a referência aos números racionais restringe-se aos não negativos.




CONTRIBUTOS DA PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA O DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE PROFESSORES DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO

Cristina Martins, Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Bragança

7 de Outubro de 2012, 12h00 – 13h00

Resumo

O trabalho aqui apresentado teve como principal objetivo estudar o desenvolvimento profissional de professores de 1.º ciclo através da participação no Programa de Formação Contínua em Matemática para Professores do 1.º Ciclo (PFCM). Seguiu uma abordagem metodológica de natureza qualitativa, com a realização de três estudos de caso. As participantes foram três professoras do 1.º ciclo que voluntariamente se inscreveram no PFCM.

A análise da informação consistiu na criação de categorias de análise construídas a partir do quadro teórico de referência e, posteriormente, ajustadas ou completadas a partir dos aspetos emergentes da própria análise. Foi possível concluir que a participação destas professoras no PFCM contribuiu para o seu desenvolvimento profissional, tendo, contudo, cada uma tido os seus ganhos específicos. Adquiriram uma nova visão acerca da Matemática, realizaram novas aprendizagens em e sobre a Matemática, e mostraram mudanças significativas na forma de planificar e conduzir as aulas. Desenvolveram também a capacidade de refletir.

Palavras-chave: desenvolvimento profissional, conhecimento didático, prática letiva, reflexão.







© Copyright 2010 Associação de Professores de Matemática / Todos os direitos reservados