Para beneficiar das opções personalizadas deste site tem de fazer login ou registar-se como sócio da APM.    

ApresentaçãoLocaisProgramaCursosInscriçõesProfMat 1989Informações 
Inscrições  |  Resumos
Cursos

Os cursos realizam-se nos dias 1 e 2 de Setembro das 9h30 às 17h00 e decorrem na Escola Básica 2, 3 de Frei Bartolomeu dos Mártires.

Curso 2 - Pavilhão Amarelo - Sala 1

Curso 3 Turma 1 - Pavilhão Amarelo - Sala 5

Curso 3 Turma 2 - Pavilhão Amarelo - Sala 6

Curso 7 - Pavilhão Amarelo - Sala 7

Curso 8 - Pavilhão Amarelo - Sala 2

Curso 9 - Pavilhão Azul - Sala 7

Curso 10 - Pavilhão Amarelo - Sala 9

 

Nos dois dias que antecedem o ProfMat (1 e 2 de Setembro) poderá aprofundar um tema do seu interesse.

A participação num Curso e no Seminário de Investigação em Educação Matemática é incompatível pela coincidência de calendário.

Este ano os cursos propostos são os seguintes:

 

Nome do Curso  Dinamizadores   Nível de Ensino

1

Explorando Isometrias (cancelado) Berta Alves

1º e 2º ciclos

2

Construção de aprendizagens significativas em Matemática no ensino básico Ana Cristina Louro

2º e 3º ciclos

3

Como usar o GeoGebra para ensinar e aprender matemática
(inscrições encerradas)
António Ribeiro, Jorge Geraldes e
José Santos dos Santos

2º e 3º ciclos e
secundário

4

Ambiente Virtual de Aprendizagem de Matemática,
suportado pelo Geogebra e Ferramentas da Web 2.0
(cancelado)
Paulo Moreira, Ruben Pinto e
Valter Nunes

2º e 3º ciclos e
secundário

5

Olhar o céu e medir na terra (cancelado) Margarida Oliveira e Suzana Nápoles

3º ciclo e secundário

6

Ti-nSpire: um laboratório de matemática! (da geometria dinâmica
às Funções usando modelos de regressão estatísticos)
(cancelado)
Joaquim Pinto e Raul Aparício

3º ciclo e secundário

7

Nspire-portfólio: o desafio da construção de tarefas e investigações com recurso
exclusivo ao ambiente de aprendizagem TI-Nspire (curso de aprofundamento)

Eduardo Cunha

3º ciclo e secundário

8

Ensinar Matemática utilizando a Ti-nspire (curso de iniciação) (inscrições encerradas) João Almiro e João Cavaleiro

Secundário

9

Investigações Matemáticas com a TI-Nspire (inscrições encerradas) José Paulo Viana

Secundário

10

Introdução ao LaTeX – edição de textos matemáticos Cláudia Maria Diegues Araújo

Geral

11

Aplicação didáctica de alguns conteúdos do Atractor (cancelado) Associação Atractor

Geral

 




Inscrições

Prazos e preços da inscrição num curso


A inscrição num curso faz-se em simultâneo com a inscrição no ProfMat 2009. O preço de inscrição nos cursos inclui os materiais distribuídos nos mesmos.

Até 15 de Junho Até 1 de Setembro
Sócio

€ 38

€ 54

Sócio - Estudante

€ 19

€ 27

Não sócio

€ 76

€ 108

Não sócio - Estudante

€ 38

---

 

Se não quer inscrever-se no ProfMat 2009 ou já se inscreveu, e quer inscrever-se num curso, envie-nos para a sede ou para profmat2009@apm.pt um cheque ou o comprovativo de transferência bancária no valor da inscrição no curso, três cursos por ordem de preferência e os seus dados (incluindo o número de inscrição no ProfMat se for caso disso).




Resumos

  • Curso 01 (cancelado)

Designação: Explorando Isometrias
Dinamizadora: Berta Alves, Universidade do Minho
Nível de Ensino: 1º e 2º Ciclos

 

O Programa de Matemática do Ensino Básico (2007) define como propósito principal no ensino da Geometria desenvolver nos alunos o sentido espacial, realçando a importância da visualização e da compreensão de propriedades de figuras geométricas. O estudo das isometrias tem início no 1º ciclo, no qual se sugere, por exemplo, a utilização de trabalhos de arte decorativa para motivar a exploração de aspectos relacionados com a simetria. De acordo com o Programa de Matemática do Ensino Básico (2007) este trabalho deverá ser continuado e aprofundado no 2º ciclo, destacando-se que “as tarefas que envolvem as isometrias do plano devem merecer atenção especial neste ciclo, sobretudo as que dizem respeito a reflexões e rotações, pois permitem a aprendizagem de conceitos geométricos de forma dinâmica e o aprofundamento da sua compreensão” (p. 36).
Propõe-se para este curso a análise de conceitos essenciais associados ao tópico das isometrias, assim como a exploração de materiais e tarefas contextualizadas com as recentes orientações curriculares definidas no Novo Programa. Será dada uma ênfase especial à exploração de tarefas que envolvam elementos de arte decorativa, tais como azulejos, tapetes, bordados, como forma de analisar as propriedades de simetria presentes em frisos e rosáceas. Pretende-se também explorar diversas opções de utilização de materiais manipuláveis, estruturados e não estruturados, que possam contribuir para uma compreensão mais sólida dos conceitos envolvidos nesta temática. 

 


  • Curso 02

Lista inscritos Curso 2

Designação: Construção de aprendizagens significativas em Matemática no ensino básico
Dinamizadora: Ana Cristina Louro, Escola Secundária c/3º CEB de Santa Maria da Feira
Nível de Ensino: 2º e 3º Ciclos


Pretende-se trabalhar com os formandos a metodologia de construção de tarefas de aprendizagens significativas, dirigido para a aquisição de competências matemáticas no Ensino Básico.
As propostas incidem no 2º e 3º ciclos, sem esquecer a preparação que vem do 1º ciclo e o que seguirá no ensino secundário.
Serão apresentados, para discussão, exemplos de actividades possíveis de integrar um projecto de aprendizagem destinado ao Ensino Básico, que trabalhe o desenvolvimento de competências através da:

  • resolução de problemas não rotineiros;
  • formulação de novos problemas;
  • realização de pequenas investigações;
  • utilização do jogo;
  • valorização de aspectos da história da Matemática;
  • realização de pequenos projectos

As actividades a apresentar trabalham os quatro grandes temas: Geometria, Estatística e Probabilidades, Álgebra e Funções, Números e Cálculo.

 

 


  •  Curso 03 (inscrições encerradas)

Lista inscritos Curso 3 (Turma 1)

Lista inscritos Curso 3 (Turma 2)

Designação: Como usar o GeoGebra para ensinar e aprender matemática
Dinamizadores: António Ribeiro, Escola Secundária Gondomar
Jorge Geraldes, Escola Secundária Dr. Júlio Martins, Chaves
José Manuel Santos dos Santos, Escola Secundária Afonso Sanches, Vila do Conde
Nível de Ensino: 2º e 3º Ciclos e Secundário

 

Breve apresentação do software GeoGebra

Exploração do software através da realização de actividades básicas

  • As várias formas de criar e alterar objectos matemáticos
  • Exportação de figuras criadas no GeoGebra
  • A interactividade do GeoGebra: criação automática de páginas Web dinâmicas contendo construções realizadas com GeoGebra

 

Geometria e transformações geométricas

  • Criação de objectos geométricos e obtenção de algumas propriedades
  • Criação de padrões geométricos usando as diversas transformações

 

Relações e Funções

  • Criar funções a partir da inserção de expressões algébricas
  • Estudo de funções (zeros, extremos locais, derivadas, etc.)
  • Definir relações em tabelas e obter representações gráficas

 

Organização e tratamento de dados: Estatística e Probabilidades

  • Utilização da folha de cálculo para criar diagramas e gráficos dinâmicos.

 


  •  Curso 04 (cancelado)
Designação: Ambiente Virtual de Aprendizagem de Matemática, suportado pelo Geogebra e Ferramentas da Web 2.0
Dinamizadores: Paulo Moreira
Ruben Pinto
Valter Nunes
Nível de Ensino: 2º e 3º Ciclos e Secundário

O Ensino é cada vez mais envolvente no que respeita às conexões que se podem estabelecer entre os diversos temas do programa, articulando, muitas vezes, os conteúdos dos seus diversos níveis de ensino e conjugando interpretações e abordagens para tirar um melhor partido dos artefactos adquiridos.
Actualmente, com o vasto leque de recursos tecnológicos em todas as escolas e com projectos de desenvolvimento e valorização profissional dos agentes educativos, no que diz respeito às TIC, que possam permitir a inovação na sala de aula e mesmo na forma como são articulados os conhecimento entre professores e alunos, surge a necessidade de proporcionar e promover a aquisição de novas competências pedagógicas com as TIC, por parte dos docentes.
As ferramentas que nos propomos a utilizar permitem criar maior interactividade entre professor e alunos, assim como construir e dinamizar comunidades virtuais de aprendizagem, de modo a facilitar a construção do conhecimento, por parte do utilizador final.

 



 
  • Curso 05 (cancelado)

 

Designação: Olhar o céu e medir na terra
Dinamizadoras: Margarida Oliveira, Escola Básica 2,3 Piscinas, Lisboa
Suzana Nápoles, Departamento de Matemática, FCUL
Nível de Ensino: 3º Ciclo e Secundário

 

 

Metodologia:

 

  • Introdução aos temas, com referência aos conceitos matemáticos envolvidos e à construção de modelos para os casos a estudar.
  • Realização de um conjunto de módulos computacionais (usando uma folha de cálculo e/ou um programa de geometria dinâmica) que ilustrem estes modelos.

 

 

Este curso destina-se a explorar computacionalmente aplicações da Matemática ligadas à Astronomia: medição do tempo e relógios de Sol, medição de distâncias inacessíveis, distâncias relativas, órbitas dos planetas e leis de Kepler.
 
Pré-requisitos: semelhanças, teorema de Pitágoras, trigonometria plana, derivadas.

 


 

  •   Curso 06 (cancelado)
Designação: Ti-nSpire: um laboratório de matemática! (da geometria dinâmica às Funções usando modelos de regressão estatísticos)
Dinamizadores Joaquim Pinto, Escola Secundária Marques de Castilho
Raul Aparício, Escola Secundária de Ermesinde
Nível de Ensino: 3º Ciclo e Secundário

 

 

As conexões entre temas/conteúdos matemáticos é, e sempre foi, um dos aspectos a considerar na aprendizagem Matemática. Neste momento a tecnologia Ti-Nspire responde a este desafio como nunca foi possível fazer com tecnologia portátil ao tamanho da mão.
A Texas Instruments criou esta inspirada tecnologia de aprendizagem que não só associa todas as principais ferramentas matemáticas, desde a folha de cálculo, aos ambientes de geometria dinâmicas, passando pelo cálculo e análise gráfica, pela análise estatística e pelo simples processamento de texto, mas acima de tudo cria uma interacção/dinâmica entre todas as ferramentas e um novo formato de documento de aprendizagem.
É erróneo comparar-se o TI-Nspire às habituais calculadoras gráficas. Podemos afirmar que o aspecto exterior/físico do TI-Nspire se assemelha a uma calculadora mas as suas potencialidades e forma de trabalho se aproximam de um computador.
Neste curso irão ser exploradas algumas destas potencialidades, quer com recurso ao software TI-Nspire quer com recurso à unidade portátil, trabalhando-se numa nova perspectiva de modelação Matemática, construindo ambientes de geometria Dinâmica e partindo dessas construções para as conexões com as funções utilizando folhas de cálculo e, consequentemente, conteúdos estatísticos, nomeadamente as regressões. O curso não terminará sem haver a possibilidade de fazer uma experiência com sensores e de utilizar o CAS (Cálculo Algébrico e Simbólico) que está disponível na unidade TI-Nspire CAS.
Este curso está preparado no sentido de responder às necessidades individuais de cada participante, e o ritmo a que vai evoluir será o ritmo que cada participante determinar. Pretende-se que cada participante ganhe confiança na utilização desta tecnologia e se inspire no modo de trabalhar com os alunos através de múltiplos exemplos que serão apresentados.
Se não possuir uma unidade portátil TI-Nspire, ser-lhe-á emprestada uma para utilizar durante o curso.

 

 


  •  Curso 07

Lista inscritos Curso 7

Designação: Nspire-portfólio: o desafio da construção de tarefas e investigações com recurso exclusivo
ao ambiente de aprendizagem TI-Nspire (curso de aprofundamento)
Dinamizador Eduardo Cunha, Escola Secundária de Barcelos (Grupo de Trabalho T3 da APM)
Nível de Ensino: 3º Ciclo e Secundário

As conexões entre temas/conteúdos matemático é, e sempre foi, um dos aspectos a considerar na aprendizagem Matemática. No entanto várias dificuldades, como a falta de recursos tecnológicos capazes e acessíveis a todos os alunos, não têm permitido que o trabalho realizado em sala de aula contemple, a não ser esporadicamente, este aspecto.
A tecnologia TI-Nspire permite a professores e a alunos um trabalho integrado com várias ferramentas de aprendizagem Matemática. Numa sociedade cada mais digital, em particular na educação, em que a leitura e escrita passam do papel para o ecrã, o TI-Nspire poderá ser potenciado como o instrumento em que o professor enuncia a tarefa, o aluno investiga e apresenta os seus resultados, o professor produz o seu feedback …
Neste curso pretende-se trabalhar esta perspectiva de utilização do TI-Nspire, sendo para isso necessário que os participantes dominem os aspectos básicos deste ambiente de trabalho Matemática. Será indicado que, quem tenha o TI-Nspire o traga para a sessão, quer a unidade portátil quer o software instalado num pc portátil.

 


  • Curso 08 (inscrições encerradas)

Lista inscritos Curso 8

Designação: Ensinar Matemática utilizando a Ti-nspire (curso de iniciação)
Dinamizadores João Almiro, Escola Secundária c/3º CEB de Tondela (Grupo de Trabalho T3 da APM)
João Cavaleiro, Escola Secundária c/3º CEB de Tondela (Grupo de Trabalho T3 da APM)
Nível de Ensino: Secundário

 

É inquestionável para todos nós que o uso de meios tecnológicos no ensino da Matemática favorece a criação de contextos significativos, permitindo a simulação de situações e o estudo de novos problemas, facilitando uma abordagem experimental e intuitiva da Matemática, estimulando o espírito de investigação nos alunos e dando-lhes um lugar mais activo no processo de aprendizagem
Neste curso de iniciação à calculadora Ti-nspire pretende-se que os participantes, por um lado, façam uma aprendizagem dos comandos essenciais desta calculadora e, por outro, analisem algumas tarefas de exploração e alguns exemplos de problemas, tendo em vista a sua exploração em sala de aula, aproveitando as potencialidades desta calculadora, que permite fazer simultaneamente o estudo de gráficos de funções, o tratamento de dados na folha de cálculo e a manipulação de figuras geométricas de uma forma dinâmica.
Não será necessário o conhecimento prévio do uso destas calculadoras que serão disponibilizadas a todos os participantes.

 


 

  • Curso 09 (inscrições encerradas)

 Lista inscritos Curso 9

Designação: Investigações Matemáticas com a TI-Nspire
Dinamizador: José Paulo Viana, Escola Secundária de Vergílio Ferreira (Grupo de Trabalho T3 da APM)
Nível de Ensino: Secundário

 

Tirando partido das capacidades da nova unidade portátil TI-Nspire, iremos realizar uma série de investigações matemáticas que poderão ser propostas posteriormente aos alunos do ensino secundário.
É conveniente trazeres a tua TI-Nspire, embora existam unidades disponíveis para quem a não tiver.
Nota: é conveniente que os participantes já tenham tido contacto com a TI-Nspire

 


  •  Curso 10

Lista inscritos Curso 10

Designação: Introdução ao LaTeX – edição de textos matemáticos
Dinamizadora: Cláudia Maria Diegues Araújo, Escola Secundária de Vila Verde (Núcleo Regional de Braga)
Nível de Ensino: Geral

 

O TeX é um programa criado inicialmente para a composição de documentos com alta qualidade tipográfica. O LaTeX é um pacote de macros do TeX que permite, entre muitas coisas, a redacção de textos científicos. Permite sem dificuldade a estruturação de documentos como teses, artigos científicos, livros, etc.
Facilmente se pode guardar o resultado para os formatos mais comuns na Internet, como .html, .ps e .pdf sem necessidade de quaisquer programas comerciais. É de uso gratuito e de livre distribuição. Das imensas macros existentes para as mais diversas áreas da ciência, serão referidas algumas bastante úteis na elaboração de testes e apresentações.
Este curso destina-se a introduzir os conhecimentos mínimos necessários à elaboração de, essencialmente, testes e fichas com fórmulas, tabelas, gráficos, figuras geométricas, etc.
O curso de carácter teórico/prático decorrerá numa sala com computadores.

 

 


  • Curso 11 (cancelado)
Designação: Aplicação didáctica de alguns conteúdos do Atractor
Dinamizadores: Associação Atractor
Nível de Ensino: Geral

 

Neste curso, serão apresentados aos professores alguns conteúdos existentes ou referidos no site do Atractor (e que poderão servir como instrumento de trabalho na sala de aula). Serão seleccionados alguns exemplos de uma lista da qual fazem parte:

  • WebMathematica: possibilidade de criação de novos applets decididos pelo utilizador, que podem depois ser usados sem ligação à internet (em particular, criação de applets estereoscópicos).
  • Conteúdos sobre simetria (http://www.atractor.pt/simetria/matematica/materiais), disponíveis no site; sobre o mesmo tema, uso do Kaleidotile (traduzido para português) - programa que permite ilustrar de variadas formas as simetrias de poliedros e pavimentações.
  • DVD de simetria produzido pelo Atractor.
  • Demos (Demonstrations): unidades interactivas sobre tópicos diversos.
  • StarLogo: programa que permite criar desenhos e animações através de comandos dados a uma tartaruga (turtle) no ecrã do computador.
    Com a linguagem Logo podemos construir figuras geométricas por meio de um conjunto simples de regras que definem a chamada «Geometria da tartaruga» e o StarLogo amplia as possibilidades do Logo, permitindo trabalhar simultaneamente com muitas tartarugas (milhares!) e atribuindo-lhes propriedades e comportamentos diferenciados.
  • «Matemática sem palavras»: ver http://www.atractor.pt/mat/sem_palavras.

 

 

 

 







© Copyright 2010 Associação de Professores de Matemática / Todos os direitos reservados