Os familiares e nomeadamente os encarregados de educação, são parte activa na educação matemática dos alunos e sobretudo na sua forma de “ver” a Matemática.

Nesta secção do sítio da APM, encontrará pistas, actividades e recursos, pensados para facilitar e incentivar essa colaboração, de modo que possa ser vista como mais uma oportunidade de convívio e até de divertimento.

Alguns pontos de partida bastante gerais:

Não precisa de ter tido bons resultados académicos a matemática, para poder ajudar.
Evite transmitir atitudes negativas em relação à Matemática, pois elas afectarão a aprendizagem de quem pretende ajudar. Procure mostrar sempre uma atitude aberta, tornando-se um parceiro na procura da resolução das dificuldades.
Mesmo que não saiba responder às dúvidas que lhe colocam, levar o aluno a transmitir-lhas já é, em si, um contributo para que consiga ultrapassá-las.
Não se admire se a matemática de hoje lhe parece diferente da que aprendeu. O mundo também mudou e os alunos têm que preparar-se para enfrentar os desafios do futuro.
Conhecimentos básicos de Aritmética não são suficientes. Incentive o uso de recursos tecnológicos, como a calculadora, o computador e a Internet.
Há muitíssimos jogos que desenvolvem competências matemáticas. E quase toda agente gosta de jogar.
Tente ser sistemático na sua colaboração. A Matemática está presente no dia a dia e não apenas nas tarefas escolares.
Procure, na escola, saber sobre como pode colaborar com a professora ou professor de matemática.
Coloque as suas dificuldades ao Pergunta Agora, o Consultório matemático da APM.



Esta página é financiada pelo POSI - Programa Operacional Sociedade de Informação